Everest Base Camp – Tibet

Chegou o dia! Ponto alto da viagem!

O hotel em New Tingri era ruim, mas a cama era boa. O negocio eh que saimos antes do sol nascer, pq ainda tinhamos singelas 8h de carro. Sao 100km, mas a estrada eh toda cheia de curvas, no meio do deserto montanhoso e de pedras no Tibet..Demora… A vantagem eh que ja no meio do caminho paramos em uma das passagens e….la estava ela! Primeiro contato com o Everest. Que com certeza eh uma mulher. Ja explico com detalhes. Olha a minha cara de cade? E vc? Achou? 🙂
Aproveitei e pendurei minhas bandeiras de oracao 🙏

20131020-153341.jpg

20131020-153406.jpg

Reparem na estrutura da estrada..rs. Ainda andamos um pouco pela Friendship Highway antes de pegar o desvio para o campo base.

20131020-153542.jpg

20131020-153553.jpg

20131020-153605.jpg

Antes de chegarmos no campo base propriamente dito, paradinha no Rongbuk Monastery, a 5000m de altura. Eh tido como o mais alto monasterio do mundo. Do monasterio, a principio vc consegue ver o Everest, mas nesta hora a montanha resolveu se esconder atras das nuvens. To falando que eh uma mulher!

20131020-153804.jpg

20131020-153846.jpg

20131020-153924.jpg

20131020-153940.jpg

20131020-153954.jpg

20131020-154012.jpg

20131020-154022.jpg

20131020-154419.jpg

A montanha continuava encoberta e nossa ansiedade aumentando. Podiamos fazer o hiking de 2km (a 5250m de altitude, o que deve corresponder a uns 10km em altitude normal..rs) em 1h mais ou menos ou pegar o onibus. Ficamos com medo do tempo abrir bem no meio da trilha e fomos de onibus. Ansiedade a mil. Chegamos la e mais uma subidinha para termos uma vista melhor. subidinha matadora de uns 5 minutos. We made it! E nada da montanha querer aparecer! Chegou ao auge de vermos a cadeia em volta do Everest e nada dele. Resolvemos esperar, esperar e esperar..4h depois, comecou a chover, o frio tava de matar, o ultimo onibus ia sair, estava escurecendo e desistimos, com mto peso no coracao. Ja chegando a conclusao que Buda nao queria que a gente visse a montanha aquele dia por algum motivo. Ou que ela eh enjoada mesmo e so aparece qdo quer..rs. Alias, mto respeito a quem decide escalar o Everest. O tempo muda tao rapido la em cima que em menos de 10min pode estar um ceu azul e do nada comecar a chover forte.

20131020-154606.jpg

20131020-154623.jpg

Voltamos cabisbaixos para nossa super (not) tenda de yak negociar com o guia a saida do dia seguinte. Nem vou comentar o banheiro do acampamento. Capitulo a parte.

20131020-154709.jpg

Queriamos ir embora mais tarde, para tentarmos ver a montanha de manha. O problema eh que tinhamos mais 10h de estrada, nosso travel permit expirava no dia seguinte (menor possibilidade de dormirmos mais uma noite la) e ainda por cima era feriado no dia seguinte e a fronteira fechava mais cedo (em horario indefinido). Resolvemos decidir no dia seguinte de manha. E bora (tentar) dormir. Pq como nao tem madeira por la, eles usam coco de cabra para acender o fogo. Nao tem cheiro nenhum, mas o fogo dura exatos 15min, o que fez com que todo mundo dormisse com 3 cobertores e todas as roupas que tinha. Fora que o dono da tenda tentava insistentemente vender algo para a Mariah..rs
Dia seguinte, antes do sol nascer, ja estavamos a postos para ver como o dia iria amanhecer. Comecou a melhorar, mas tinhamos que sair do acampamento. Quando chegamos ao monasterio de novo, la estava ela! Linda, imponente, impressionante! Eh emocionante saber que vc esta ao lado da montanha mais alta do mundo, com todas as adversidades vencidas para chegar la. Vale mto! Uma das vistas mais lindas que ja vi!

20131020-154836.jpg

20131020-154846.jpg

20131020-154924.jpg

E, com dor no coracao, pq por nos ficavamos la o dia todo so olhando para a montanha, seguimos nosso caminho rumo a Zhangmu, cidade fronteirica com o Nepal, a 2300m de altitude. Descemos 3000m de altura e o calor aumento em 30oC em menos de 6h. Coitado do nosso corpo.
Zhangmu nao tem nada, so uma fila imensa de caminhos Tata (indianos), coloridissimos e com as decoracoes mais bizarras que ja vi.
Cruzamos a fronteira a pe, com direito a Lonely Planets confiscados como ja era esperado (o do Nepal nao era esperado, mas..) e chegamos ao Nepal! 9 dias e 743km depois!

Advertisements

5 responses to “Everest Base Camp – Tibet

  1. Pingback: Turismo no Tibet - Roteiros de Viagem - Budismo Tibetano e Aventura·

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s